Se seus pés, tornozelos, mãos ou pernas andam muito inchados, talvez seja retenção de líquido.

Esse problema é conhecido como edema e se caracteriza pelo cúmulo de fluidos nos tecidos, sistema circulatório e cavidades.

As maiores vítimas são as gestantes, os sedentários, as mulheres na tpm e quem consome certos medicamentos.

Ah, e, para quem não sabe, voos longos também podem causar esse tipo de inchaço.

Na maioria das vezes, essa condição não é grave.

No entanto, pode se transformar num problema maior, como insuficiência cardíaca ou doença renal.

Sendo assim, trate o mais rápido possível.

As principais causas são:

1. Ingestão excessiva de sódio

Se sua dieta é baseada em alimentos ricos em sódio e se você não  costuma beber muita água, seu corpo usará suas reservas de água.

Isto, por sua vez, resulta na retenção de água.

Se você não sabe, as células humanas podem se expandir até 20 vezes com a ajuda de água.

Então, evite alimentos que têm grande quantidade de sódio.

Além do próprio sal, o sódio também pode ser encontrado em alimentos enlatados, processados e alguns condimentos.

2. Deficiência de magnésio

A falta de magnésio pode levar a edema, pois este mineral é vital para a maioria das funções no corpo.

Uma pesquisa mostrou que tomar 200 mg diariamente de magnésio pode reduzir a retenção de líquido em mulheres com sintomas pré-menstruais.
 
Aumentar a ingestão de alimentos ricos em magnésio ou tomá-lo como um
suplemento pode aliviar esta condição.

Os alimentos que contêm a maior quantidade de magnésio são: frutas secas, verduras verde-escuras, chocolate amargo, nozes, abacate, ervilha e cereais integrais.

3. Falta de Vitamina B6

A deficiência de vitamina B6 pode levar ao edema, pois essa vitamina está relacionada ao equilíbrio de água no corpo.

Um estudo publicado no Journal of Caring Sciences envolveu mulheres que tiveram retenção de líquido causada pela síndrome pré-menstrual.

Elas consumiram a vitamina B6 todos os dias e o problema melhorou rapidamente.

Esta vitamina é solúvel em água e requer algumas condições para que desfrutemos das propriedades adequadamente.

Portanto, a melhor opção é consumir os alimentos que fornecem vitamina B6, como batata-inglesa, frango, carne magra, peru, atum, frutas secas, banana, sementes de girassol e nozes.

4. Falta de Potássio

Este mineral é vital para o bom funcionamento das células, tecidos e órgãos.

Ele desempenha um papel significativo na manutenção do equilíbrio normal de água no corpo.

Deficiência de potássio pode ser resultado do consumo de alimentos carentes no nutriente, mas ricos em sódio – causando, assim, edema.  

A falta deste mineral pode causar ganho de peso, espasmos musculares e cólicas.

Portanto, invista no consumo de alimentos ricos em potássio.
Você pode encontrar este mineral na maioria das frutas, especialmente banana, melancia e melão.

5. Desidratação

A desidratação ocorre quando você não bebe bastante água.

Esta condição força o corpo a reter água para sobreviver, resultando em inchaços.

Felizmente, não é difícil reverter a situação.

Beba bastante água e sucos ricos em potássio.

Além disso, você deve ficar longe de refrigerantes e café.

6. Consumo excessivo de alimentos industrializados

Como mencionamos, os alimentos processados estão cheios de açúcar e sódio - uma das principais causas de retenção de água.

Mas não é só isso: eles também contêm aditivos alimentares artificiais que intoxica os rins e o fígado.

Alimentos que contêm grandes quantidades de açúcar, incluindo adoçantes artificiais, podem causar altos picos nos níveis de insulina e açúcar no sangue.

Portanto, recomendamos evitar alimentos industrializados ao máximo.

Como sempre, há alternativas naturais que ajudam a combater o problema.

Veja a lista de plantas milagrosas que trouxemos:

- Cavalinha

- Dente-de-leão

- Salsinha

- Cabelo de milho

- Hibisco

- Urtiga

- Funcho

- Alho

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Imagens vistas recentemente

Entre em contato

Queremos receber sua opinião

Se você tem uma crítica, sugestão ou quer nos indicar uma receita/tratamento caseiro, entre em contato conosco

curapelanaturezablog@gmail.com

Continue conectado

Esclarecimento

Este blog tem a finalidade de ajudar, mas não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.