A sociedade, por exemplo, exige que os jovens sejam profissionais de sucesso.

No entanto, quase sempre esquece de estimular a inteligência emocional.

É justamente essa habilidade que pode nos ajudar a viver melhor, mesmo em meio a crises.

Sabemos que a inteligência emocional, por si só, não nos leva ao sucesso profissional tampouco ao reconhecimento.

Em contrapartida, trata-se de autocontrole, domínio próprio e muita confiança.

Ou seja, o que qualquer um deseja cultivar em si mesmo.

Separamos uma listinha que denuncia algumas falhas na inteligência emocional.

Caso você se identifique com algum dos itens, reflita e busque uma transformação.

1. Zombar das pessoas

Uma pessoa com inteligência emocional pode ter um bom  senso de humor, mas geralmente não sente graça ao constranger outras pessoas com piadas agressivas.

Ou seja, jamais ferirá os sentimentos de alguém por ser gordo, baixo, alto, magro, dependente químico ou esteja em qualquer outra situação que vai contra aos padrões sociais.

A sensibilidade de não zombar e de se manter firme quando alguém rir de você são características de uma pessoa inteligente emocionalmente.

2.  Não ter paciência para repetir o que já disse

Sabemos que é muito chato ter que explicar várias vezes a uma pessoa o que já foi dito.

O problema é que tem gente que se estressa e perde totalmente o equilíbrio.

Frases como "Que burrice" ou "Qualquer criança entende isso", ferem e mostram o seu grau de intolerância e rigidez.

Cada pessoa tem um ritmo diferente e uma maneira diferente de assimilar as coisas.

Você já levou em consideração que o problema pode estar na sua forma de ensinar?

3. Se recusar a ouvir opiniões contrárias

As pessoas têm educação diferente, vêm de culturas diferentes, escolhem diferentes religiões, gostos musicais, posição política e times de futebol.

Até aqui tudo bem, certo?

Errado!

Infelizmente, há quem sinta muita dificuldade em lhe dar com tanta diversidade.

Embora saibamos que algumas escolhas resultem em efeitos negativos, precisamos dar a chance do outro explicar a opinião.

O antigo dito popular de que alguns assuntos não são discutidos é mito, pois crescemos bastante com debates, tanto na ideologia, quanto na inteligência emocional.

4. Odiar o próprio trabalho

Não é bem o ato de odiar, mas viver reclamando e não buscar uma saída.

Trabalhar num lugar desagradável nos tira a energia e o humor.

Se for o seu caso, procure alternativas que façam você mais feliz.

5. Não assumir responsabilidades

Pessoas que não têm inteligência emocional agem como crianças e nunca assumem os erros.

Sabemos que muitas consequências podem surgir de escolhas erradas, mas precisamos ser maduros para assumi-las.

A inteligência emocional é tão fantástica que faz com que a pessoa consiga olhar para os próprios erros e refletir como aprender com eles e como solucioná-los.

Para alguns é mais fácil, para outros pode ser uma verdadeira tortura.

No entanto, é compensador. Se você conseguir desenvolver a inteligência emocional, com certeza será mais feliz.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.

Seção: 

Imagens vistas recentemente

Entre em contato

Queremos receber sua opinião

Se você tem uma crítica, sugestão ou quer nos indicar uma receita/tratamento caseiro, entre em contato conosco

curapelanaturezablog@gmail.com

Continue conectado

Esclarecimento

Este blog tem a finalidade de ajudar, mas não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.