O excesso de ácido úrico traz muitos prejuízos ao nosso bem-estar.

Normalmente a quantidade exagerada desse ácido advém da má alimentação.

Quando os cristais se aderem às articulações e a alguns tecidos circundantes, isso comumente produz a gota, que causa muita dor, sensibilidade, vermelhidão e inchaço nas articulações.

Para quem tem gota e ácido úrico elevado, é importante limitar a ingestão de álcool, uma vez que interfere na eliminação desse ácido.

Evitar o consumo de doces (frutose, xarope de milho, sacarose), pois eles tendem a aumentar os níveis de ácido úrico.

Fazer exercício físico regularmente e manter um peso saudável é muito importante.

Acredita-se que a gordura aumente a produção de ácido úrico.

Deve-se adotar uma dieta equilibrada rica em vegetais alcalinos e pobre em proteína.

Evite carboidratos refinados, como pão branco, massas, bolos, doces, bebidas gasosas, chocolate, vinho tinto, carnes (especialmente as mais gordurosas), enlatados e embutidos.

Corte alimentos ricos em gordura, uma vez que reduz a capacidade do corpo para eliminar o ácido úrico.

A maioria dos óleos vegetais se transformam em gorduras rançosas quando aquecidos ou processados.

As gorduras rançosas destroem a vitamina E, vital no corpo e essencial para o controle dos níveis de ácido úrico.

Opte por azeite de oliva prensado a frio em vez de usar óleo vegetal (canola, soja, milho...), manteiga, margarina ou gordura nos seus alimentos.

Agora vamos ensinar um excelente tratamento caseiro para este problema.

É um remédio antigo, tradicional e que já livrou muita gente do ácido úrico e da gota.

A medicina popular é isso.

Tratamentos que a maioria das pessoas não dá nada por eles revelam-se muito eficientes.

É o caso desta receita muito simples, usada no tempo dos nossos avós, mas que caiu no esquecimento porque comercialmente não é interessante.

Veja como tudo é supersimples.

O tratamento dura 30 dias.

Você vai tomar 1 colher (sopa) cheia de óleo de rícino três vezes no mês: no dia 1º, no dia 15 e no dia 30.

Faça isso de manhã cedo, em jejum.

Nesse período, tome iogurte, coalhada, kefir, cápsulas de lactobacilos, enfim, algo para proteger a flora intestinal.

Beba também muita água.

E evite bebidas alcoólicas, refrigerante, chocolate, carne vermelha, alimentos processados, miúdos e frutos do mar.

É só isso.

A leitora atesta a eficácia da receita.

E, como ela compartilhou conosco a informação, achamos que seria interessante divulgá-la para nossos leitores.

É  tão simples o tratamento, que não custa tentar, não é mesmo?

O óleo de rícino vende-se em farmácia.

Mas tem que ser o puro, para uso interno.

Somente este serve para a receita.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Imagens vistas recentemente

Entre em contato

Queremos receber sua opinião

Se você tem uma crítica, sugestão ou quer nos indicar uma receita/tratamento caseiro, entre em contato conosco

curapelanaturezablog@gmail.com

Continue conectado

Esclarecimento

Este blog tem a finalidade de ajudar, mas não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.