Se pudéssemos descrever a dor ciática em uma palavra, a escolha seria "terrível".

E quem sofre com o problema com certeza há de concordar conosco.

Não estamos falando de uma dorzinha qualquer, é fato.

O tratamento para esse problema requer o acompanhamento de um bom profissional de saúde.

E ele pode ser reforçado com algumas medidas terapêuticas.

O exercício que vamos ensinar adiante, por exemplo, é ótimo para aliviar essa dor.

Mas, antes de aprendê-lo, saiba um pouco mais sobre o problema.

O nervo ciático é o mais longo do corpo humano.

Sua inflamação produz uma dor incômoda que se estende das costelas até abaixo dos joelhos.

Essa dor pode causar imobilidade parcial ou total.

O repouso ajuda, mas ele não pode se estender muito, pois a inatividade agrava os sintomas.

Além da dor, podem ocorrer outros sintomas, como pernas pesadas, formigamento e desconforto para se sentar.

A inflamação no nervo ciático pode ter várias causas.

Hérnia de disco pode ser uma delas.

O diabetes pode ser outra.

Uma condição conhecida como síndrome do piriforme também pode estar relacionada com o problema.

E até infecções pelo vírus do herpes podem originar a dor ciática.

As pessoas mais predispostas a desenvolver o problema são as sedentárias, as que estão acima do peso, as que levantam muito peso e as que passam muito tempo sentada com movimentos que forçam as costas (motoristas, por exemplo).

Agora chegou a hora de aprender o exercício.

Veja o vídeo e depois explicamos.

Sentado(a) no solo, inicie o exercício segurando uma das pernas, com o joelho dobrado e alinhado ao peito.

Alterne a perna.

Faça por dez segundos em cada perna.

Deite-se no solo.

Eleve as pernas e flexione os joelhos e suba e desça a parte inferior das pernas cinco vezes (veja o vídeo).

Depois, deitado, leve um joelho até o peito.

Fique assim por dez segundos.

Faça o mesmo com o outro joelho.

Termine o exercício alongando o corpo (veja o vídeo).

IMPORTANTE: mostre ao seu médico este exercício.

Ele é ótimo para aliviar a dor ciática, mas, mesmo assim, você precisa ter a autorização do seu médico para fazê-lo.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Seção: 

Imagens vistas recentemente

Entre em contato

Queremos receber sua opinião

Se você tem uma crítica, sugestão ou quer nos indicar uma receita/tratamento caseiro, entre em contato conosco

curapelanaturezablog@gmail.com

Continue conectado

Esclarecimento

Este blog tem a finalidade de ajudar, mas não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.