A maca (Lepidium peruvianum), também conhecida como maca-peruana, é uma planta que se assemelha a um nabo e cresce nas montanhas andinas do Peru.

A raiz da planta é seca e utilizada em pó há mais de dois mil anos para combater a fadiga e agir como um estimulante.

Não contém cafeína, como guaraná e café, por isso não afeta o sistema nervoso central.

A maca-peruana é basicamente um alimento muito rico em nutrientes e é vendida como um suplemento nutricional.

Recentemente, a planta ganhou popularidade como uma erva afrodisíaca por aumentar o vigor e o desejo.

A raiz é um alimento muito nutritivo, repleto de vitaminas, esteróis de plantas, muitos minerais essenciais, aminoácidos e gorduras saudáveis.

Tradicionalmente, tem sido usada por proporcionar uma variedade de benefícios à saúde.

Tanto homens como mulheres têm relatado aumento significativo no desejo, aumento de energia, vigor e sensação de bem-estar geral.

Algumas mulheres relataram bons resultados para aliviar os sintomas da TPM e menopausa.

Além disso, ela melhora a fertilidade e possui propriedades que estimulam a produção de hormônios pelo organismo.

Isso a torna útil no tratamento de deficiências hormonais, sendo uma das melhores opções  para a reposição natural de hormônios.

Vários homens relataram aumento na performance, melhorando o prazer.

Não por acaso, no Peru, muitos homens e mulheres usam a planta para melhorar a potência.

A erva está ficando cada vez mais popular em todo o mundo, particularmente nos os EUA, Europa e Japão, como um suplemento dietético para reforçar a vitalidade.

A raiz da planta tem uma longa história de uso sem problemas de toxicidade.

Ao contrário de ervas medicinais que podem ter vários efeitos negativos quando usadas indevidamente, esta não tem toxicidade conhecida, sem contar que faz parte da dieta diária de muitos peruanos nativos desde antes da chegada dos conquistados espanhóis.

Pesquisadores concluíram que a planta não tem potencial de toxicidade, podendo considerar o seu uso a longo prazo como suplemento alimentar.

A erva não possui restrições de uso durante a gravidez.

Na verdade, a maca-peruana mantém os níveis de progesterona alta e os hormônios em equilíbrio, o que é benéfico para uma mulher grávida que está em seu primeiro trimestre de gestação.

A grande quantidade de sais minerais, aminoácidos e vitaminas na raiz também a tornam um suplemento pré-natal nutricional.

Pessoas com qualquer condição de doenças crônicas, doenças hepáticas (como insuficiência hepática, cirrose ou hepatite), doenças renais (como insuficiência renal) e alergias (alergias a alimentos, corantes e conservantes) só devem utilizar a maca com recomendação médica.

Desejo e potência

Muitas pesquisas destacaram ainda que a ingestão do tubérculo aumentava o desejo, a potência e reduzia os níveis de estresse e ansiedade do indivíduo.

E isso tanto nos homens como nas mulheres

Acredita-se que o alimento tenha ação sobre o hipotálamo e as glândulas suprarrenais, o que lhe conferiria tais efeitos estimulantes.

A maca-peruana é encontrada facilmente nas lojas de produtos naturais, especialmente sob a forma de farinha.

Mas cuidado para não comprar falsificações.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Seção: 

Imagens vistas recentemente

Entre em contato

Queremos receber sua opinião

Se você tem uma crítica, sugestão ou quer nos indicar uma receita/tratamento caseiro, entre em contato conosco

curapelanaturezablog@gmail.com

Continue conectado

Esclarecimento

Este blog tem a finalidade de ajudar, mas não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.