Nas épocas de festas, como na passagem de ano, nosso cãozinho amado sofre muito com o barulho dos fogos.

Conscientizar as pessoas para que não soltem fogos explosivos é muito difícil.
 
Então, fomos em busca de algo que protegesse nosso amigo.

Quem tem animal de estimação sabe como é difícil para ele o momento em que os explosivos explodem no ar anunciando a chegada do novo ano.
 
Eles entram em pânico literalmente.
 
A técnica que vamos ensinar hoje é usada em todo o mundo.
 
Conhecida como "tellington touch", foi desenvolvida por Linda Tellington-Jones, que inicialmente a aplicava em cavalos.
 
No entanto, hoje o procedimento também é utilizado em outros animais, como os cães.

 

A técnica funciona, mas existem as exceções.
 
Isso porque varia do grau de fobia de cada animal.
 
Na grande maioria dos casos, porém, o "tellington touch" obtém grande êxito.
 
O método levou em conta o fato de que cães e animais que possuem esse tipo de medo têm grande sensibilidade nas regiões traseiras, patas e orelhas.

Por isso, a técnica consiste em atar seu cão com um pano para que a circulação sanguínea das regiões extremas do corpo seja estimulada, amenizando as tensões localizadas no dorso do animal e diminuindo sua irritabilidade.
 
Veja como é simples no vídeo a seguir.

E depois leia nossa explicação abaixo.

Resumindo: amarre seu pet de forma que a faixa englobe peito e dorso, formando um "X".
 
Finalize com um nó na região traseira.
 
Mas não pode ficar exatamente sobre a coluna.
 
Tem que ficar próximo, como explicado no vídeo.
 
Como dissemos, o método funciona na maioria das vezes (por isso é aplicado em todo o mundo).
 
Sabe por quê?
 
Porque a pressão provocada pelo ato de “amarrar” repercute no sistema nervoso de seu cachorro.
 
O cérebro dele recebe a informação sensitiva e ativa o sistema nervoso autônomo, acalmando o animal.
 
É como se fosse a sensação de proteção e segurança provocada por um abraço bem apertado e constante.
 
Ah, esta técnica também funciona em gatos.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre o veterinário do seu cão/gato.

Seção: 

Publicidade

Imagens vistas recentemente

Entre em contato

Queremos receber sua opinião

Se você tem uma crítica, sugestão ou quer nos indicar uma receita/tratamento caseiro, entre em contato conosco

curapelanaturezablog@gmail.com

Continue conectado

Esclarecimento

Este blog tem a finalidade de ajudar, mas não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.