Nunca use gengibre se você tiver um destes problemas de saúde!

O gengibre é um alimento poderosíssimo na hora de combater diversas doenças.

Ele tem várias propriedades terapêuticas e seu uso medicinal é milenar.

Alguns dos seus benefícios:

- Melhorar a digestão

- Tratar de doenças respiratórias

- Combater inflamações

O alimento é o remédio - 12 analgésicos naturais que estão na sua cozinha!

Apesar de todo o acesso à informação, muitas pessoas continuam sem se importar com as medidas básicas para manter a saúde e bem-estar.

Todo mundo sabe, por exemplo, que exercícios físicos e alimentação natural são indispensáveis.

Beba isto antes de dormir e elimine todas as toxinas consumidas durante o dia!

Já falamos em outros posts sobre a importância de eliminar toxinas do corpo.

Além de ajudar a emagrecer, alivia sensações ruins (como gases) e evita uma séries de doenças.

Com a receita desta poderosa bebida laxante, você pode desintoxicar o fígado e todo o sistema digestivo.

Você precisa consumir isto se tiver unhas frágeis ou não estiver dormindo bem!

Neste post, vamos dar uma atenção especial às glândulas adrenais.

Elas são muito importantes para o funcionamento do corpo.

São glândulas endócrinas que ficam na parte superior dos rins, e qualquer irregularidade nelas afeta nosso sono, nossas unhas e nossos cabelos.

3 colheres disto todos os dias vão limpar suas artérias - adeus, taxas de gordura altas!

Imagine um remédio totalmente natural, que limpa as artérias de toxinas e gorduras.

Mas não é só isso!

Pense também que esse mesmo remédio pode fortalecer a imunidade, proteger de resfriados, gripes, além de limpar o fígado e reduzir os impactos causados por radicais livres.

Páginas

Imagens vistas recentemente

Entre em contato

Queremos receber sua opinião

Se você tem uma crítica, sugestão ou quer nos indicar uma receita/tratamento caseiro, entre em contato conosco

curapelanaturezablog@gmail.com

Continue conectado

Esclarecimento

Este blog tem a finalidade de ajudar, mas não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.