Aquelas lesões arredondadas ou em formato oval, cobertas por uma membrana branco-amarelada e com uma mancha avermelhada em volta, são as temidas aftas.
 
Elas aparecem, na maioria das vezes, na língua ou nas paredes internas da boca, mas podem surgir em qualquer parte da cavidade bucal, principalmente em pessoas com baixa imunidade.

Conhecida também como estomatite aftosa recorrente, a afta normalmente atinge as mulheres por conta de influências hormonais.

Mas alergias, predisposição genética, estresse e má qualidade nutricional são alguns dos fatores que podem desencadear a afta.
 
Outras causas comuns para o problema são:  

1. Uso de aparelhos dentários

O aparelho dental, em contato com a mucosa da boca, pode provocar pequenos traumas e gerar o surgimento de aftas bucais.

2. Deficiências nutricionais

A deficiência de zinco, ferro, folato e vitamina B12 pode favorecer o aparecimento de aftas.

4. Mordida na língua ou na bochecha

As mordidas tanto na língua quanto na bochecha podem favorecer o aparecimento de aftas.

5. Fatores psicológicos

O estresse e a ansiedade, por exemplo, podem diminuir as defesas do sistema imunológico, aumentando as chances de infecção.

6. HIV/aids

O vírus HIV, que pode levar à aids, ataca diretamente o sistema imunológico.

Pessoas infectadas com esse vírus são mais propensas ao surgimento de aftas e elas costumam ser um dos primeiros sinais de ação do HIV no organismo.

7. Câncer

A imunidade também fica mais baixa quando o paciente tem câncer, principalmente por causa do tratamento com radioterapia e quimioterapia.

8. Diabetes

Em diabéticos não tratados ou com a doença mal controlada, a saliva costuma apresentar grandes quantidades de açúcar, o que favorece o crescimento do fungo.

Mas calma!

CURA PELA NATUREZA - LEIA AQUI AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Se você sofre com aftas, não precisa se desesperar.

Existem excelentes remédios caseiros para tratar o problema.

O bochecho com chá de louro é um deles: ajuda a aliviar a dor e a inflamação.

O chá de manjericão também é um bom remédio para as aftas, pois possui propriedades analgésicas, que reduzem a dor, e antissépticas, que deixam a área limpa de microrganismos.

Neste caso, faça gargarejos com chá ou aplique nas úlceras da boca três vezes ao dia.

Você pode enxaguar a boca com água com bicarbonato de sódio, três vezes ao dia, porque o bicarbonato é antibacteriano e reduz a inflamação e a dor.

Se a sua pressão não for alta, em vez do bicarbonato, você pode usar sal de cozinha para fazer os enxágues bucais.
 
Chupar cravos-da-índia durante o dia é excelente, devido às propriedades analgésicas desta especiaria.

Outra dica legal: bochechos com o chá de tanchagem ou de sálvia três vezes ao dia.

Além desses remédios caseiros, é importante cuidar da higiene bucal, escovando muito bem os dentes e a língua.

Mas se além das úlceras na boca você tiver febre, e se as aftas aparecerem regularmente a cada quatro semanas, por exemplo, ou aparecerem várias ao mesmo tempo, é importante procurar um médico para identificar a causa do surgimento dessas úlceras.

Este blog de notícias sobre tratamentos naturais não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Loading...

TV Cura pela Natureza - assista agora




Imagens vistas recentemente

Entre em contato

Queremos receber sua opinião

Se você tem uma crítica, sugestão ou quer nos indicar uma receita/tratamento caseiro, entre em contato conosco

curapelanaturezablog@gmail.com

Continue conectado

Esclarecimento

Este blog tem a finalidade de ajudar, mas não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.